segunda-feira, 11 de abril de 2016

JUNK FOOD: O que é isso?


Apresento a vocês uma curiosidade do mundo da alimentação.
Um "estrangeirismo", ou seja, uma palavra em inglês que é usada em nosso vocabulário no ramo dos alimentos pelos nutricionistas e profissionais da área.

JUNK FOOD:
("comida lixo", numa tradução literal do inglês), também coloquialmente, "porcaria" ou "besteira", é uma expressão pejorativa para "alimentos com alto teor calórico, mas com níveis reduzidos de nutrientes". Acredita-se que a expressão tenha sido criada por Michael Jacobson, diretor do Center for Science in the Public Interest, em 1972. Desde então, seu uso tornou-se disseminado.
A junk food contém frequentemente altos níveis de gordura saturada, sal ou açúcar e numerosos aditivos alimentares, tais como, glutamato monossódico e tartrazina; ao mesmo tempo, é carente de proteínas, vitaminas e fibras dietéticas, entre outros atributos saudáveis. Popularizou-se entre os fabricantes porque é relativamente barata de produzir, possui prazo de validade prolongado e pode nem mesmo precisar de refrigeração (caso dos salgadinhos industrializados). Tem tornado-se popular em todo mundo porque é fácil de encontrar (supermercados, lojas de conveniência etc), requer um mínimo ou nenhum preparo antes do consumo, e pode exibir uma vasta gama de sabores.

Mundialmente, o consumo de junk food tem sido associado à obesidade, doenças coronarianas, diabetes tipo 2, hipertensão e cáries. Há também preocupações quanto ao marketing direcionado para crianças.

CUIDADO COM ELES!!!

Fonte:

domingo, 10 de abril de 2016

DINÂMICA - Jogando com a cidadania (Fund. II e Médio)


Você vai precisar de cartolina, ou papel cartão, para 10 cartões. Faça os cartões do tamanho de uma carta de baralho, escreva em cada um estas opções:

◘ Quando você entra em uma loja, o que você diz :
  a)Bom dia?
  b)Nada, mas dá um sorriso?      
  c)Nada e ainda fica com uma cara mau-humorada?

◘ Quando você vê que alguém jogou um papel no chão, o que você faz:
  a)Pega o papel e põe no lixo?      
  b)Pega e indica para a pessoa que jogou, aonde é o lixo?
  c)Passa por cima do papel, fingindo que não viu?

◘ Quando você joga o lixo fora, você:
  a)Separa o papel, plástico, alumínio e o orgânico?
  b)Separa só o orgânico?
  c)Não separa?

◘ Quando  está chovendo e você está passeando de bicicleta ou de carro, tem uma poça d’água e uma pessoa passando perto da poça:
  a)Você desvia da poça para não espirrar na pessoa?
  b)Você não desvia, pois não dá tempo?
  c)Você espirra água de propósito?

◘ Quando você chega na escola, ou em uma festa, e está cheio de gente diferente lá:
  a)Você brinca, conversa com todos, sem se preocupar se são ou não diferentes?
  b)Você brinca, conversa só com aquele que já era seu amigo, e se algum outro quiser brincar com você não deixa?
  c)Você emburra e não brinca com ninguém?

◘Quando você recebe uma muda de planta ou sementes de planta, você:
  a)Põe com carinho no jardim da sua casa, no jardim da casa da sua avó, ou naquela praça e a rega?
  b)Você planta com carinho, mas ela morre porque ninguém regou?
  c)Você nem se preocupa em plantar?

◘ Quando você vê um animal ferido, você:
  a)Se preocupa em levá-lo a um veterinário, ou que algum veterinário venha atendê-lo e acompanha o caso?
  b)Liga para um veterinário, mas nem se preocupa em saber se ele veio ou não? c)Não se preocupa com isso?

◘ Quando você vê uma pessoa caída, na rua:
  a)Se preocupa em dar atendimento, ou que alguém venha atendê-lo e acompanha o caso?
  b)Liga para a ambulância, mas nem se preocupa em saber se ela veio ou não? c)Não se preocupa com isso?

◘ Quando está pegando fogo no terreno baldio perto da sua casa, você:
  a)Liga para o corpo de bombeiros e tenta apagar?
  b)Tenta apagar, mas como é difícil deixa para lá?
  c)Não se preocupa com isso?

◘ Quando você está passeando com o seu cachorro, ele faz cocô na rua, você:
  a)Limpa imediatamente?
  b)Volta para casa para pegar material para limpar?
  c)Não se preocupa com isso?

Regras para jogar: escolha as suas regras!

Ao final, a professora dirá que quem respondeu mais a alternativa "a" está fazendo mais pela própria cidade, sendo simpático, trabalhando melhor a cidadania.
Quem respondeu mais a alternativa "b" está em um bom caminho, mas precisa melhorar.
Quem respondeu mais a alternativa "c" precisa pensar melhor no que está fazendo, pois suas atitudes não estão ajudando nada e ninguém, e ainda, se fizessem estas coisas com ele, ele não ia gostar, não é?
E então conversar sobre este assunto entre todos da classe.

Fonte: 

DINÂMICA - O que pensamos e sentimos em relação ao ambiente? (Fund. II e Médio)


- Objetivos: promover a revelação de informações ou características ainda não conhecidas acerca dos membros do grupo, bem como integrar e proporcionar um melhor conhecimento sobre o meio ambiente.

- Material: cartelas previamente elaboradas, contendo uma pergunta (conforme lista de sugestões a seguir, outras a critério do facilitador ou levantadas pelo próprio grupo).

- Desenvolvimento:
a.Elaborar cartelas, previamente, contendo uma pergunta em cada.
b.Formar um círculo com os participantes, todos no chão, e colocar as cartelas no centro, com as perguntas viradas para baixo.
c.Explicar que cada cartela tem uma pergunta no verso.
d.Solicitar um voluntário e orientá-lo a pegar uma cartela e responder a pergunta que está nela.
e.Logo após, mais um voluntário, e mais outro, até que todos tenham participado.
 (Salientar que não há respostas certas ou erradas e que a intenção é somente proporcionar uma reflexão sobre as perguntas da dinâmica)

Sugestões de perguntas:

1. O que você faz para poupar água?
2. O que você pode fazer para poupar energia elétrica?
3. O que você pode fazer para diminuir a produção de lixo?
4. O que você faz para colaborar com o meio ambiente?
5. O que você mais gosta na natureza?
6. Você se considera parte da natureza? Por quê?
7. Qual a importância da água?
8. Qual a importância da terra?
9. Qual é o maior problema ambiental, para você?
10. A pobreza é um problema ambiental? Por quê?
11. A superpopulação é um problema ambiental? Por quê?
12. O que você pensa sobre pássaros em gaiolas?
13. O que você pensa sobre o consumismo?
14. Como você se sente quando vê pessoas com más posturas ambientais?
15. Qual o lugar que você mais gosta de estar? Por quê?
16. Para você, quais as diferenças entre viver em um ambiente urbano (cidade) e um ambiente rural (campo)?
17. Para você, por quê é tão difícil mudar hábitos e atitudes?
18. Você acha que a escola colabora com o meio ambiente?
19. O que você traz de lanche para a escola?
20. Você se preocupa com o meio ambiente? Por quê?

Fonte: 

Dinâmica - Completar as frases (Fund. II e Médio)


- Objetivo: promover a troca de idéias sobre questões ambientais através de uma brincadeira de completar frases de improviso.

- Desenvolvimento: em um grande círculo, o coordenador pede que cada um diga o número da frase que será completada, lê e completa a frase fazendo algum comentário. Em seguida o papel é passado para o próximo que lê a frase seguinte. O coordenador pode iniciar essa atividade. Abaixo seguem sugestões de frases que podem ser completadas:

1. Quando penso no futuro do meio ambiente, eu vejo...
2. Quando estou em um parque, eu gosto de...
3. Quando entro num ambiente sujo, com muito lixo no chão, eu penso que...
4. As datas comemorativas servem para incentivar o...
5. Sinto-me mais feliz quando...
6. Neste momento, estou muito preocupado/a com a situação da...
7. Quando estou preocupado, geralmente eu...
8. O que mais me deixa triste em relação ao meio ambiente é...
9. Eu me sinto integrado a natureza quando...
10. Quando alguém desperdiça água, eu...
11.  No dia do Meio Ambiente, eu...
12.  Fico muito alegre quando...
13.  Tenho uma vergonha enorme de...
14.  O que mais me entristece é...
15.  Minha maior esperança é um dia...
16.  Às vezes, eu me sinto como se...
17.  Quando falam em poluição eu...
18.  Para mim, a reciclagem é...
19.  A vida é um bem precioso que deve ser...
20.  Quando leio nos jornais notícias sobre catástrofes ambientais, eu...
21.  Quando vou ao super mercado, eu...
22.  Eu colaboro com a natureza quando...
23.  Para mim o ambiente é...
24.  Tenho muito medo de...
25.  O desmatamento é triste porque...
26.  O que mais me irrita é...
27.  Adoro...
28.  Detesto...
29.  Acredito...
30.  Sobre o tráfico de animais silvestres penso que...
31.  Conscientização ambiental é...
32.  Ser ambientalmente responsável é...
33.  Para mim o maior problema ambiental é...
34.  Os acidentes de trânsito são uma conseqüência de...
35.  O desequilíbrio ecológico é quando...
36.  Sobre a alimentação, penso que os alimentos industrializados são...

Fonte: 

quinta-feira, 7 de abril de 2016

Vamos aprender?


Nossa!!! Nunca vi a palavra "hiato" ser usada dessa maneira.
(kkkkkk)

Para mim, hiato é apenas o encontro de duas vogais numa mesma palavra separada em sílabas diferentes conforme a nossa querida Língua Portuguesa, mas ai pesquisei e entendi.

(HIATO) solução ou interrupção de continuidade em um corpo, em uma série etc.; falta, intervalo, lacuna.

Fonte: https://www.google.com.br/search?q=hiato&oq=hiato&aqs=chrome..69i57j0l5.951j0j7&sourceid=chrome&ie=UTF-8

Face também é cultura!!!

Prof. Daniela Menegassi

SINE QUA NON - SIGNIFICADO


Conhece essa palavra? Um dia desses um colega me falou sobre ela e decidi compartilhar.

DICIONÁRIO INFORMAL:

*Ação, condição ou ingrediente indispensável. Refere-se a: Sem o(a) qual não...

EXEMPLO DE FRASE: 
Possuir o diploma de 2º Grau é uma condição sine qua non para ingressar na Universidade.

Fonte: http://www.dicionarioinformal.com.br/sine+qua+non/

WIKIPEDIA:

*No direito penal brasileiro, conditio sine qua non é a condição sem a qual não existe o crime. É visto no estudo do nexo de causalidade, sendo uma forma de resolvê-lo. Não havendo o conditio sine qua non, não há nexo de causalidade, e nem há crime, como diz o Art. 13 do CP: "o resultado, de que depende a existência do crime, somente é imputável a quem lhe deu causa. Considera-se causa a ação ou omissão sem a qual o resultado não teria ocorrido.

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Sine_qua_non

Prof. Daniela Menegassi